Todo o Algarve

3ª edição do 365 Algarve

UNIR O JAZZ, A DANÇA E O TEATRO AO VINHO, À BATATA DOCE E AO MEDRONHO

A 3ª edição do 365 Algarve propõe, para novembro, uma programação que parte dos produtos locais algarvios – o vinho, o medronho, a batata doce, a cortiça, etc. – para criar uma travessia até ao Jazz, ao teatro e à dança.

Nota de Imprensa

07 Novembro 2018

O ciclo Jazz nas Adegas, que é já uma referência no panorama cultural do Algarve, triplica, nesta terceira edição, o número de sessões, para um total de 24 apresentações com importantes formações de jazz, de estilos e repertórios variados.

Os concertos são acompanhados por provas de vinho e este ano há a destacar a adesão de mais produtores de Vinhos de Silves ao evento. Os próximos concertos acontecem a 10 e 11 de novembro, com Bruno Pedroso Trio, e a 30 de novembro e 1 de dezembro, com o quarteto Hot Four.

No ciclo Jazz nas Adegas, que prossegue até maio, o jazz e o vinho ligam-se assim a novos valores identitários de Silves – a cortiça, a poesia e o património monumental -, criando uma viagem dos sentidos ímpar.

O fim-de-semana de 10 e 11 de novembro é também a data para a primeira apresentação da peça Medronho#1, integrada no ciclo Teatro da Serra e das Destilarias do projeto de programação cultural Lavrar o Mar, concebido por Madalena Vitorino e Giacomo Scaliasi para o 365 Algarve.
A peça resulta de um trabalho de pesquisa e elaboração artística sobre a cultura do medronho que foi confrontado com os grandes incêndios que este verão assolaram a serra de Monchique. Como se escreve na sinopse do espectáculo, ”foi assim criada a ideia de construir dois momentos, que poderão falar do medronho que desapareceu nas chamas e do medronho que ainda existe por ter sido salvo do fogo”.

Com texto da autoria do escritor Sandro William Junqueira, Medronho#1 volta a ser apresentado a 17 e 18 de novembro.

Também pela mão do Lavrar o Mar, o 365 Algarve 2018 convida o público a visitar o Festival da Batata-doce de Aljezur e a participar num Baile Culinário, em que as múltiplas qualidades gastronómicas deste tubérculo brilham em receitas originárias de vários pontos de África.

A 29 e 30 de novembro e a 1 e 2 de dezembro este Dancing gastronómico propõe fundir sons e sabores num só espaço, em que a comida dança pelas mesas para que o baile comece.

A apresentação de todos os eventos que integram a 3ª edição da programação Lavrar o Mar é feita a 7 de novembro, quarta-feira, em conferência de imprensa, pelas 11h00, no Heliporto de Monchique.

Mais informação sobre a programação pode ser encontrada no site do Lavrar o Mar www.lavraromar.pt

Ao longo de oito meses, e até maio de 2019, o 365 Algarve promove um total de 402 espetáculos, entre concertos, teatro, eventos e visitas ao património cultural desta região de Portugal, oferecendo também a oportunidade de usufruir de um território de características especiais, único na conjugação entre mar e serra.

Nesta 3ª edição, o 365 Algarve apresenta uma programação cultural dinâmica e de elevada qualidade, que desafia o público a viajar pelos vários mundos e épocas que coabitam no Algarve, através das paisagens, saberes, património e artes.

A programação completa encontra-se disponível no site www.365algarve.pt e nas redes sociais. No Algarve, todos os dias contam!

Opinião dos nossos leitores

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.todooalgarve.com reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.todooalgarve.com

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.