Todo o Algarve

Plano de Contingência da Saúde Sazonal

Algarve adere à iniciativa "Juntos por um Verão Seguro 2019"

Nota de imprensa

12 Junho 2019 | Fuente: ARS Algarve

Juntos por um Verão Seguro 2019 foi o mote da iniciativa promovida pela Direção-Geral da Saúde, em parceria com a autarquia de Monchique e com o apoio da ARS Algarve, e que juntou várias entidades nacionais, regionais, locais e população em Monchique esta terça-feira, 11 de junho, para a apresentação do Plano de Contingência da Saúde Sazonal – Módulo Verão 2019 e sensibilizar a população para as recomendações e medidas de prevenção para fazer face ao calor e para a importância da adoção de comportamentos e estilos de vida saudável.
A manhã foi dedicada à promoção da alimentação saudável, com uma sessão de showcooking, dinamizada pelo Chef de cozinha, Fábio Bernardino, com a participação da Diretora Geral da Saúde, Graça Freitas, da Diretora do Programa Nacional para a Alimentação Saudável, Maria João Gregório, do Presidente da ARS Algarve, Paulo Morgado, e do Presidente da Câmara Municipal de Monchique, Rui André, onde foram apresentadas algumas ideias de receitas económicas e adequadas para o Verão, no âmbito das principais recomendações do Programa Nacional para a Alimentação Saudável, seguindo-se um almoço com produtos tradicionais da região.
No período da tarde, após a apresentação das principais medidas do Plano de Contingência da Saúde Sazonal (PCSS)–Módulo Verão 2019, pela Diretora Geral da Saúde, Graça Freitas, seguiu-se um período de debate, moderado por Miguel Arriaga, chefe da Divisão de Literacia, Saúde e Bem-Estar, da Direção-Geral da Saúde, com a participação de Vitor Vaz Pinto, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Carlos Raposo, do Instituto Nacional de Emergência Médica, Paula Frango, do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos nas Dependências, Patricia Carneiro, da Unidade de Cuidados na Comunidade Mons Cicus do ACeS Barlavento, Filomena Horta Correia, da Unidade de Saúde Pública do ACeS Central, durante o qual cada um dos intervenientes deu o seu testemunho sobre a sua experiência de intervenção no terreno no âmbito da prevenção dos comportamentos de risco e na promoção dos cuidados a ter nesta altura do ano.
No local esteve ainda patente uma demonstração de meios das diversas entidades parceiras com a apresentação de um conjunto de atividades que ilustram algumas missões desenvolvidas, nomeadamente, da Autoridade Nacional de Proteção Civil, do Instituto de Socorros a Náufragos, do Instituto Nacional de Emergência Médica, dos Bombeiros, entre outros.
De referir que o Plano de contingência saúde sazonal – Módulo Verão 2019, que entrou em vigor em 1 de maio e se estende até ao dia 30 de setembro, possibilita a comunicação de risco à população e aos parceiros do setor da saúde; permite implementar medidas no âmbito da literacia, para capacitar os cidadãos para a sua proteção individual; permite um adequado planeamento, para garantir a resposta dos serviços de saúde ao aumento da procura ou a uma procura diferente da esperada.
As medidas anunciadas, e previstas no âmbito da literacia, permitem relembrar a necessidade para serem evitados comportamentos de risco pela população, nomeadamente durante o período de férias, como o consumo excessivo de álcool ou as “relações sexuais não protegidas”. Bem como a necessidade de as pessoas assumirem comportamentos preventivos face a condições meteorológicas extremas, nomeadamente ondas de calor, de forma a, principalmente as crianças e os mais idosos, estejam devidamente informadas e se mantenham, acima de tudo hidratadas, para evitarem problemas na saúde.
O Plano reforça ainda a necessidade de todos os serviços e estabelecimentos do Serviço Nacional de Saúde implementarem Planos de Contingência de nível local e regional.

Opinião dos nossos leitores

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.todooalgarve.com reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.todooalgarve.com

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.