Todo o Algarve

Lagos presta homenagem a “pessoas e exemplos de vida” no Dia do Município

02 Novembro 2017 | Fuente: Nota de Imprensa

As Comemorações do Dia do Município de Lagos terminaram no passado dia 28 de outubro. O seu ponto alto foi, uma vez mais, o dia 27 - feriado municipal, com a realização de diversas cerimónias protocolares e outras iniciativas de cariz cultural. Na Sessão Solene, foram agraciadas dez personalidades a quem se pretendeu prestar homenagem e distinguir nesta data simbólica da identidade coletiva local.

O Dia do Município, 27 de outubro, dedicado ao seu Santo Padroeiro - São Gonçalo de Lagos, teve início com a tradicional Cerimónia do Hastear das Bandeiras, que decorreu na Praça Gil Eanes, na presença de várias coletividades culturais, recreativas e desportivas do concelho e munícipes que se quiseram associar a estas comemorações, seguida da apresentação de cumprimentos por parte do executivo municipal.
Destaque também para as Festas Religiosas de São Gonçalo de Lagos, que decorreram após o Hastear das Bandeiras, com a realização de uma Missa Campal, no Jardim da Constituição, seguida de uma Procissão em Honra do Santo Padroeiro que ali começou, terminando no Porto de Lagos, onde se realizou uma Bênção do Mar e das Embarcações.
Na parte da tarde foi a vez do Centro Cultural de Lagos receber um dos momentos mais marcantes das comemorações - a Sessão Solene, ocasião em que, dando corpo ao espírito das comemorações deste ano, se prestou homenagem a 10 personalidades, através da atribuição de Medalhas de Mérito Municipal.
Na abertura da sessão solene, tiveram lugar as alocuções oficiais, tendo tomado a palavra os responsáveis máximos pelo Município de Lagos, o Presidente da Assembleia Municipal, Paulo Morgado, e a Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos.

Começou por tomar a palavra o Presidente da Assembleia Municipal de Lagos, Paulo Morgado, que relembrou que é já antiga a tradição dos Municípios portugueses homenagearem as individualidades e/ou entidades que, pela sua atividade, pelo exemplo maior ou história de vida, se destacam na comunidade. Esta tradição é, para Paulo Morgado, “algo que enobrece a todos, e por essa mesma razão, num ato de pura democracia, a Assembleia e a Câmara Municipal de Lagos decidiram, este ano, homenagear 10 individualidades”. Para este autarca, o que se pretende é que “possamos, de alguma forma, ressalvar os atos e os exemplos de vida destas pessoas para que possam perdurar na nossa memória, perpetuando-os como exemplos a seguir”. Paulo Morgado lembrou que “todos nascemos com a capacidade de aprender, e é aprendendo através dos bons exemplos que alcançaremos uma comunidade melhor. Só seremos capazes de construir um futuro melhor, para nós e para as gerações vindouras, através das memórias dos melhores. E é por essa razão que hoje aqui estamos a homenagear estes cidadãos”.

Uma ideia partilhada pela Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos, que começou exatamente por lembrar o percurso de vida do padroeiro do município – São Gonçalo de Lagos, “uma figura de amparo de aflitos e das populações”, aproveitando a ocasião para dar os parabéns à Paróquia de Santa Maria e ao agrupamento do Corpo Nacional de Escutas, que organizaram este ano as Festas Religiosas em homenagem ao Santo Padroeiro.
Disse a Presidente que “neste dia do Município é importante relembrar e homenagear as referências para a nossa comunidade e as pessoas que dão, e deram, um contributo para o engrandecimento desta mesma comunidade”. Para Maria Joaquina Matos não há dúvidas de que “as individualidades hoje aqui agraciadas são os heróis do quotidiano local, os que pela sua determinação e perseverança seguem em frente, sem temor, por um mundo melhor, do pequeno mundo de cada um e de todos nós. Mantemos, pois, a tradição. Vamos homenagear um conjunto de concidadãos que se distinguiram e distinguem pelo que fizeram por si…mas também por nós…e contribuíram para a construção da cidade que hoje temos e de que nos orgulhamos, e muito!”
Agradecendo a todos os distinguidos e familiares pelo “forte contributo a favor de Lagos”, a Presidente da Câmara Municipal terminou afirmando que “tenho muito orgulho em participar neste momento tão importante em que destacamos cidadãos de Lagos, e não só, na convicção que são as pessoas a maior riqueza das comunidades”.

Depois das alocuções, seguiu-se o momento das homenagens em que foram atribuídas Insígnias Municipais a cidadãos e amigos de Lagos a quem se pretendeu prestar homenagem e distinguir nesta data tão simbólica da identidade coletiva local. O Município de Lagos tem, com regularidade, procurado prestar o justo e merecido reconhecimento público a cidadãos e a entidades coletivas que se destacaram entre os demais. Neste sentido, e no âmbito das propostas aprovadas por deliberação da Câmara, tomada em Sessão Pública Extraordinária realizada a 23 de agosto, e ratificadas pela Assembleia Municipal na 2.ª reunião da sua sessão ordinária de setembro, realizada a 5 de setembro de 2017 foi prestada homenagem a nove cidadãos notáveis de Lagos – uma das quais a título póstumo -, assim como a um cidadão, igualmente notável, natural do município andaluz de Palos de La Frontera, amigo de longa data de Lagos e dos lacobrigenses.
Posteriormente a todas as personalidades agraciadas serem devidamente apresentadas através da leitura das suas biografias (conheça as mesmas em documento anexo) foram agraciados com a Medalha de Mérito Municipal – Grau Prata: Cláudia Teresa Pires Neto, Paulo José Rosado Batista, Velaudmiro Pereira Betes, António Alves dos Santos e António Manuel Chaparro Gomes. Com a Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro foram distinguidos: José António Martins Flosa, Lázaro de Jesus Galvão (a título póstumo), José Manuel da Glória Freire de Oliveira, Silvestre Marchão Ferro e D. Diego Garcia Hernandez.
Todos os agraciados agradeceram a homenagem entendendo-a como “um momento muito especial e de grande orgulho pelo valioso reconhecimento” de tudo a que se têm dedicado, agradecendo igualmente, na ocasião, a familiares e amigos.

A Sessão Solene contou ainda com dois momentos de animação cultural: um a cargo da Banda da Sociedade Filarmónica Lacobrigense 1.º de Maio, uma coletividade quase centenária do concelho de Lagos, que celebrou este ano o seu octagésimo sexto aniversário, e cuja história se cruza com o percurso de vida e foi marcado pela presença, trabalho e dedicação do Maestro José António Martins Flosa (homenageado nesta sessão) e um outro momento que se traduziu na atuação do Coro “Entre Amigos por Milagros”, que trouxe ao palco do CCL sevilhanas e fandango, uma mostra da cultura e tradições da Andaluzia.

No final do dia houve ainda lugar à inauguração da Exposição “Dinossauros da Lourinhã em Lagos” resultante de uma parceria entre o Grupo de Etnologia e Arqueologia da Lourinhã e o Município de Lagos, e produzida conjuntamente pelo Museu da Lourinhã e pelo Museu Municipal de Lagos, com o apoio da equipa do Centro Cultural de Lagos, demais serviços da autarquia e da Junta de Freguesia de São Gonçalo.
A exposição, em que todos são convidados a recuar no tempo e descobrir o mundo no Jurássico, onde há cerca de 150 milhões de anos os dinossauros eram os reis, estará patente ao público até ao dia 30 de dezembro no CCL. Será aqui possível explorar o mundo dos dinossauros através de uma exposição com fósseis e réplicas de ossos de dinossauro da região da Lourinhã, em tamanho real. Para além dos dinossauros, nesta mostra poderá ver ainda fósseis originais de tartarugas, crocodilos, plantas, conchas e outros seres pré-históricos. Também uma mostra de quadros convida os visitantes a imaginar como viviam os dinossauros e como seria o nosso planeta naquela altura, fruto de um concurso internacional de ilustração.

O programa das comemorações terminou a 28 de outubro, com um Ciclo de Conferências dedicado a temáticas ligadas à exposição dos dinossauros e, à noite, decorreu um Encontro de Música Popular Portuguesa, que teve lugar no Centro Cultural de Lagos.

Opinião dos nossos leitores

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.todooalgarve.com reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.todooalgarve.com

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.