Todo o Algarve

Nos dias 20 e 21 de janeiro

Festa das chouriças anima Querença

Nota de imprensa

09 Janeiro 2018 | Fuente: Município de Loulé

Querença, no concelho de Loulé, volta a ser palco da já tradicional Festa em Honra de S. Luís, designada por Festa das Chouriças, que nos dias 20 e 21 de janeiro irá animar o Largo da Igreja.
Numa iniciativa promovida pela Comissão de Festas da Paróquia, com o apoio da União de Freguesias de Querença, Tôr e Benafim, da Câmara Municipal de Loulé e da Casa do Povo de Querença, a Festa terá início no sábado, dia 20, com uma grandiosa Noite de Fados, que decorrerá na Casa do Povo de Querença, pelas 21h00.
No domingo, dia 21, a partir das 11h00 e durante a tarde, os visitantes poderão degustar a chouriça assada nos vários estabelecimentos de Querença, alguns localizados no Largo da Igreja. A celebração religiosa terá início às 14h30, com a eucaristia na Igreja de Nossa Senhora da Assunção, presidida pelo Padre Carlos Matos, à qual se seguirá a procissão solene com a imagem de S Luís, pelas artérias da aldeia.
Pelas 16h00, terá início o habitual e sempre animado leilão de chouriças, onde será possível adquirir a rainha da festa, a chouriça. Pelas 17h00, o Grupo de Janeiras do Rancho Etnográfico de São Sebastião irá animar o ambiente com uma atuação. Durante o evento, haverá animação infantil com as “traquinices” da Palhaça Pirolita. Das 10h00 às 18h00, os visitantes poderão ainda visitar o Mercadinho com exposição e venda de artesanato e produtos locais, representativos da nossa região.
A finalizar as festividades, a partir das 19h00 haverá um baile no Salão de Festas da Casa do Povo de Querença, animado pelo artista Ruben Filipe.
Todas as atividades são de entrada livre.
Refira-se que as raízes deste evento remontam a uma época em que, no interior algarvio, as famílias tinham o hábito de criar o seu porco para sustento ao longo do ano. Era igualmente tradição pedir a S. Luís, patrono dos animais, que conservasse em boas condições o porco, para garantir a alimentação do agregado familiar. Em forma de gratidão as famílias ofereciam ao Santo Protetor as melhores chouriças caseiras. A crença diz que em janeiro é tempo de glorificar o Santo que ajudou na criação dos animais.

Opinião dos nossos leitores

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.todooalgarve.com reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.todooalgarve.com

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.